6º Prêmio Culturas Populares vai premiar 500 iniciativas no Brasil

O Ministério da Cultura vai premiar quem trabalha diariamente para fortalecer e dar visibilidade a atividades culturais de todo o Brasil, como o cordel, a quadrilha, o maracatu, o jongo, o bumba meu boi e o cortejo de afoxé, entre muitos outros.

04/06/2018


O Ministério da Cultura vai premiar quem trabalha diariamente para fortalecer e dar visibilidade a atividades culturais de todo o Brasil, como o cordel, a quadrilha, o maracatu, o jongo, o bumba meu boi e o cortejo de afoxé, entre muitos outros. O 6º Prêmio Culturas Populares vai destinar R$ 10 milhões a 500 iniciativas culturais de mestres, mestras, grupos e instituições privadas sem fins lucrativos. Esta edição também reconhecerá ações em acessibilidade cultural. Cada um dos vencedores vai receber R$ 20 mil, o dobro do ano passado. As inscrições podem ser feitas de 30 de abril até 13 de junho, pela internet ou via postal.

 

Serão 200 prêmios para iniciativas de mestres e mestras (pessoa física); 180 para iniciativas de Grupos sem CNPJ; 70 para pessoas jurídicas sem fins lucrativos; 30 para pessoas jurídicas com ações comprovadas em acessibilidade cultural; e 20 para herdeiros de mestres e mestras já falecidos (in memoriam).

 

6º Prêmio Culturas Populares

Realizador: Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura

Período de inscrição: 30 de abril até 13 de junho

Edital, as Fichas de Inscrição e este Manual de Orientações:

www.cultura.gov.br e http://culturaspopulares.cultura.gov.br/downloads

 

 





Confira também:




ACESSE